Qual o melhor sistema para o desenvolvimento de aplicativos?

Conheça os benefícios e as peculiaridades das principais plataformas de desenvolvimento de aplicativos: App Store e Google Play

 

Nesse crescente mundo virtual, o aplicativo tem grande participação. De acordo com o portal americano App Annie, houve mais de 27,5 bilhões de downloads de aplicativos no primeiro trimestre de 2018. É necessário entender, como criar um aplicativo implica em realizar algumas etapas, por exemplo decidir em qual plataforma digital lançá-lo. As mais usadas são a Apple Store e o Google Play, ambas têm suas peculiaridades e o investidor precisa se decidir sobre qual escolher, para isso é necessário conhecer as diferenças das principais plataformas, visando encontrar a que melhor se encaixa em seu objetivo.

Além de entender os pontos que diferenciam as plataformas App Store e Google Play, é importante conhecer cada uma.

O conceito

A plataforma App Store pertence à empresa da Apple e todos os aparelhos da companhia – notebooks, ipads e celulares – possuem esse sistema instalado.

Já a plataforma da Google Play pertence à empresa Google e todos os aparelhos celulares que possuem o sistema Android têm disponível esse sistema instalado.

Rentabilidade

Uma das vantagens da App Store é a rentabilidade que, em comparação à Google Play, é maior. Segundo pesquisa feita pelo portal americano App Annie, a plataforma da App Store rendeu 85% a mais que sua concorrente no primeiro trimestre de 2018.

Um dos principais motivos para que a venda da empresa seja maior são os clientes: de acordo com o site americano Fueled, 41% dos consumidores da Apple tem uma renda média anual de 100 mil dólares. Esse fator impacta nas vendas, pois os consumidores demonstram que seu intuito é obter qualidade e usufruir dos aplicativos de seu aparelho, mesmo que precise pagar para utilizar o programa.

Em contraponto, os clientes que compram aparelhos Android pensam na qualidade do aparelho juntamente com o valor que será cobrado, buscando economizar na compra, e têm preferência por aplicativos gratuitos.

Downloads

Em relação aos downloads, a Google está liderando. Os aplicativos instalados da Google Play excederam em 19,2 bilhões e os downloads do App Store ultrapassaram 8,2 bilhões. Ademais, essa diferença impactará na rentabilidade de ambas as empresas.

Apesar de a App Store produzir uma receita maior, essa diferença vem diminuindo devido ao grande número de downloads que a Google Play teve, houve um crescimento de 25% dos gastos de consumidores da Google Play enquanto no iOS foi de 20% no primeiro trimestre de 2018. Dessa forma, pode-se observar que a Google Play está crescendo mais que a App Store em relação à receita, por trimestre.

Filtragem

Em relação à filtragem, a Apple tem um rigoroso controle de qualidade. Essa análise mais detalhada e rigorosa tem como objetivo a certeza de que a publicação do programa é segura e possui qualidade para os usuários. Em resultado, os consumidores do software na plataforma da Apple têm mais confiança em baixar os aplicativos lançados nessa rede.

Em contrapartida, o tempo de análise da App Store é mais longo se comparado ao da Google Play. A Apple tem um padrão de qualidade: se o software não estiver dentro de seus termos, o aplicativo não poderá ser publicado.

Já a Google Play em questão de filtragem é mais flexível, assim é mais fácil publicar nessa plataforma. Porém, devido a essa análise ser mais superficial, se comparada à de sua concorrente, acaba resultando em um grande número de aplicativos com má qualidade e funcionalidade que, no pior dos casos, podem até não ser seguros para o usuário.

Restrição

Para criar um aplicativo na App Store, é necessário ter um iMAC, pois é impossível esse acesso em computadores de outras marcas. Essa restrição dificulta o desenvolvimento do aplicativo caso o desenvolvedor não possua um aparelho da Apple. Já com a Google Play você pode criar seu aplicativo com o aparelho da marca que preferir.

Investimento

Em relação a investimentos, a App Store possui a taxa de 100 dólares anuais. Já o valor da taxa da Google Play é de 25 dólares somente quando publicar o aplicativo na plataforma. Portanto, o valor que a Apple cobra é quatro vezes maior do que o da Google, além de ser um valor que precisa ser pago anualmente.

Usuários

Em questão de quantidade de aparelhos entre os usuários, o sistema Android é o mais disseminado. Segundo o portal Kantar, 94,2% do mercado de smartphones no Brasil são Android e pouco menos de 5,4% são iOS. Por essa análise, podemos entender o motivo de as visualizações e, consequentemente, os downloads na plataforma da Google Play serem maiores.

Novidades

O sistema da App Store leva as novidades mais rapidamente aos usuários por ter apenas uma marca responsável e devido à diversidade de aparelhos ser menor se comparada à do sistema Android. Como as marcas que utilizam a plataforma da Google são mais diversificadas, até chegarem as atualizações para todos é preciso mais tempo.

Google Play ou App Store?

Para que o empreendedor possa decidir de maneira assertiva em qual plataforma lançar seu aplicativo, é necessário focar em qual é seu objetivo.

A Google Play proporciona um público maior, portanto, a chance de downloads aumenta. Já o App Store, com maior receita, possibilita uma chance de rentabilidade maior. Levar em consideração os dados de mercado é essencial e proporciona confiança no momento da escolha.

Está pensando em criar um app? Gostaria de opinião de profissionais para auxiliá-lo? Fale com a gente! Nosso time é composto por especialistas que poderão auxiliá-lo desde as ideias iniciais até a finalização do projeto.

Quer uma avaliação gratuita?

Deixe seus dados abaixo para que possamos avaliar com cuidado as suas necessidades e demonstrar o que podemos fazer pelo seu negócio =)

Obrigado pelas informações! Em breve responderemos ao seu contato. =D